Obras do Centro de Saúde de Sintra em fase de conclusão

As obras do novo Centro de Saúde de Sintra, que abrangerá cerca de 21 mil utentes do município e cujo valor atinge os 900 mil euros, estão em fase de conclusão, com abertura prevista para o primeiro trimestre de 2019.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, considera que "temos seguido uma estratégia para recuperar décadas perdidas no setor da saúde. É também um esforço financeiro da Câmara de cerca de 900 mil euros, que paga a totalidade do centro de saúde, mas fundamental para os nossos munícipes".

“Os cinco centros de Saúde que vamos construir e a nova unidade hospitalar são o caminho que vai permitir mudar de forma radical a prestação de cuidados de saúde no nosso concelho”, salientou o edil.

A nova unidade de saúde familiar está instalada num edifício com valor histórico, antiga residência do ilustre médico Desidério Cambournac, na zona da Estefânia e que para melhor funcionalidade foi ampliado com dois blocos, conferindo-lhe assim o espaço conveniente para diversos gabinetes.

O equipamento vai dispor de 14 gabinetes médicos, quatro gabinetes de enfermagem, um gabinete de consulta mulher, três salas de tratamento e duas de espera.

A entrada principal (na Av. Desidério Cambournac) localiza-se no bloco 1 onde existe o átrio de entrada que dá acesso ao piso principal da casa inicial onde se localiza a zona de atendimento ao público.

A cave é constituída por uma sala de espera junto à entrada (bloco 2) e vários gabinetes de consultas e salas de tratamentos. Junto à segunda entrada (bloco 1) localiza-se a área do pessoal incluindo sala de reuniões.

O R/C é constituído pela zona de atendimento (casa inicial) tendo em anexo uma sala de espera (bloco 2), sendo a restante área (bloco1 e bloco2) ocupada por gabinetes de consulta.

O 1º piso (apenas bloco1) é constituído por gabinetes de consulta.

A autarquia desenvolve um programa na área da saúde, cujo investimento de oito milhões de euros abrange a construção de cinco novos centros de saúde: Queluz (já em funcionamento), Agualva, Algueirão-Mem Martins, Sintra e Almargem do Bispo, e a construção do novo Hospital de Proximidade de Sintra, no valor de 29,617 milhões de euros.